Guia Completo – Como Escolher o Aquecedor a Gás

Veja aqui como escolher seu aquecedor a gás

Durante a crise, sempre pensamos em economia. Economia de água, de gastos, de energia elétrica. Mas qual a melhor forma de economizar energia sem ter que tirar o conforto de sua família? O aquecedor à gás pode ser de grande ajuda, mas também pode se transformar em seu pior inimigo se não for comprado corretamente para sua necessidade.

Aprenda aqui como escolher um aquecedor a gás perfeito para sua necessidade e para a necessidade de sua família. Seja na casa, apartamento ou até mesmo no trabalho, sempre há necessidades especificas e características de uso.

Mas afinal, qual o melhor aquecedor a gás? Depende. Por mais que a resposta não seja satisfatória de início, ao longo desse post iremos responder detalhadamente. Aqui inúmeras explicações sobre os aquecedores a gás existente no mercado e qual é o mais adequado para você.

Preste muita atenção porque há muitos consumidores que não estão satisfeitos e isso nada mais é que uma compra feita às pressas, pensando apenas no valor a ser gasto ou então por falta de experiência do profissional que fez a venda. Os aquecedores a gás funcionam e são bem econômicos quando escolhidos certeiramente para qual seja sua necessidade e instalados por uma equipe técnica competente.

aquecedor-a-gas-1

Abastecimento

Primeiro, vamos explicar quais os gases necessários para o funcionamento de um aquecedor a gás. Há dois tipos de gases com qual os aquecedores são abastecidos: o GN e o GLP.

O GN, gás natural, é aquele gás encanado que é usado para o abastecimento do carro. Lembra quando estava na moda converter o carro para GNV? Então é exatamente esse gás. Pode ser mais restrito em certas regiões do Brasil, vale a pena dar uma conferida nisso. Em São Paulo, por exemplo, o GN é fornecido exclusivamente pela Comgás.

O GLP, gás liquefeito de petróleo, nada mais é que nosso famoso gás de cozinha, aquele que vem no botijão e é muito mais acessível.

Aquecedor de água a gás de passagem x aquecedor de água a gás de acumulação

 

Agora, explicaremos quais os tipos de aquecedor a gás e como funciona e assim tudo começará a clarear em sua cabeça em relação à escolha e necessidade.

Basicamente existem 2 tipos de aquecedores a gás: os aquecedores a gás de passagem e os aquecedores a gás por acumulação.

O aquecedor a gás de passagem é aquele que ao passar por sua fonte de alimentação (a parte que fica aquecida), a água vai para a tubulação quente. Sabe quando você abre o chuveiro e espera a água aquecer? Esse é o sistema de passagem, pois a água fria que sai inicialmente ficou parada na própria tubulação. Normalmente, eles são pequenos e compactos e seus pontos de água quente são em menor quantidade e o mais importante quanto a instalação, necessitam de uma área externa para que sua chaminé fique do lado de fora.

aquecedor-a-gas-2

O aquecedor a gás de acumulação é aquele que como o próprio nome diz, acumula a água que será aquecida. Como se fosse um grande cilindro aquecendo a água que fica parada ali e quando começa a ser usada, vai aquecendo, também a água corrente.

Tem uma capacidade muito maior, podendo encher uma banheira inteiramente com água quente, fora que a quantidade de pontos de água quente é maior. Então, já concluímos que o aquecedor de acumulação é maior que o aquecedor de passagem. Também necessita de uma área externa para que sua chaminé fique do lado de fora.

aquecedor-a-gas

A escolha perfeita

Mas como escolher aquecedor a gás de passagem? Aqui se atente à capacidade, que é medida em litros de água quente por minuto. Há no mercado, aquecedores de 6 litros por minuto e aquecedores até com mais de 40 litros por minuto. E agora?

Com essa informação, podemos avaliar nossa necessidade. Primeiro, devemos saber quantos pontos de água quente o aquecedor irá alimentar. Apenas 1 chuveiro; 1 pia e 1 chuveiro; 2 chuveiros, 1 ducha higiênica e 2 pias; 3 chuveiros e assim por diante. Sim, é pura matemática essa parte.

Vamos em frente: uma ducha boa gasta em média de 10 a 12 litros por minuto, lembrando que os aquecedores podem usar água fria e água super quente ao mesmo tempo, dando a temperatura certa. Pensando assim um aquecedor com capacidade 8 litros por minuto conseguiria atender essa ducha, mesmo não sendo o ideal. Mas o melhor é aumentar um pouco para não ter problemas futuros. Então o ideal seria um aquecedor a gás de 10 ou 12 litros por minuto para atender SOMENTE ESSA DUCHA.

Agora pensando que o aquecedor tem que atender uma casa completa temos que levar em conta todos os seus pontos de água, como duchas e torneiras por exemplo. Quanto mais pontos tivermos na casa maior será a necessidade por um aquecedor maior. Além disso, temos vários modelos de duchas com vazão diferente. Essas informações estão em seus manuais, como gráficos de consumo. Então temos que pensar, também, nessa parte. Um exemplo prático:

Para que 2 duchas possam ser usadas ao mesmo tempo, temos a seguinte conta 2 x 10 litros por minuto que dá 20 litros por minuto, para não faltar aumentamos para 22 litros por minuto. Então nesse caso precisaremos de um aquecedor a gás 22 litros de capacidade.

Caso você precise de algo mais profundo sobre o tema, separamos um artigo que explica de maneira mais detalhada como dimensionar o aquecedor a gás de acordo com a necessidade da sua residência. Você pode acessa-lo clicando aqui!

 

aquecedor-a-gas-4

 

Aquecedor de água a gás mecânico x aquecedor de água a gás digital

Já falamos de quais os tipos, como são abastecidos e agora iremos explicar como comprar aquecedor a gás. As vantagens e desvantagens de cada modelo (mecânico ou digital) para realmente te ajudar na hora da escolha e você não ser mais um dos milhares que investiu erroneamente nos aquecedores.

Aquecedor de água a gás mecânico

O aquecedor a gás mecânico possui uma chama constante, independe da quantidade de água que passa por ele. Possui uma regulagem de temperatura manual. Também, o volume de água e volume de gás é manual. Existem 2 tipos de acordo com a eliminação de gases vindo da queima do gás utilizado: exaustão natural, que o próprio nome diz que faz com que essa dissipação ocorra naturalmente e o de exaustão forçada, que com o auxílio de uma ventoinha retira os resíduos do gás queimado.

Mas para todos os modelos, há vantagens e desvantagens. As vantagens são: valor mais barato e também a maioria funciona a pilha. As desvantagens, porém, são: gasta mais gás e mais energia que o digital, temperatura constante pode causar algum acidente se não for regulado direito e ainda, a temperatura pode ficar extremamente alta para atender à necessidade.

 

aquecedor-a-gas-6

Aquecedor de água a gás digital

O aquecedor a gás digital possui uma chama com regulagem automática que faz o processo dependendo da quantidade de água que está sendo exigida no momento que ele está em uso. Nesse modelo você apenas escolhe a temperatura da água e o restante fica por conta dele. Conforme a água vai saindo pelos pontos atendidos à chama aumenta ou diminui. Todos os aquecedores digitais possuem exaustão forçada.

Por exemplo, você está tomando banho e a chama fica em uma intensidade e a água sai perfeitamente quente como você deseja e seu marido resolver lavar a louça para te ajudar e abre a torneira, imediatamente o modelo digital, com o aumento da demanda, intensifica a chama e distribui a água na mesma temperatura escolhida nos dois pontos, sem esfriar ou aquecer de mais um deles. Ao terminar de lavar a louça, a chama diminui novamente, mas a temperatura da água continua a mesma.

Suas vantagens são: dura mais, o controle de temperatura não causa nenhum acidente, pois é mais preciso, tem maior adaptação a demanda da água, é mais eficiente, gasta bem menos, seus sistemas de segurança são mais modernos. Mas como nada é só alegria, tem uma grande desvantagem: são mais caros. O importante é pesar o custo benefício: o valor do aquecedor a gás com a economia em longo prazo.

A respeito da comparação entre aquecedores mecânicos e digitais separamos mais um artigo que você pode conferir clicando aqui.

 

aquecedor-a-gas-8

Melhores marcas do mercado

Recapitulando, sabemos a capacidade, os tipos, os modelos. Já deu para entender um pouco não foi? Agora vamos às marcas. Existem várias marcas de aquecedores a gás no mercado, mas somente 3 são fabricantes: Rinnai, Rheem e Bosch. Todas as outras são importadoras.

Lorenzetti – é conhecida pela fabricação de chuveiros elétricos. Na linha de aquecedores a gás todos os produtos são todos importados, portanto não há desenvolvimento de tecnologia. www.lorenzetti.com.br

Bosch – Multinacional de origem alemã, possui produtos de alta qualidade, porém são todos importados e atualmente possui uma pequena fatia do mercado. http://www.bosch.com.br/br/termotecnologia/

Rinnai – Multinacional de origem japonesa fundada em 1920 e presente no Brasil desde 1975. Fabrica aquecedores de água a gás e sua fábrica fica em Mogi das Cruzes no estado de São Paulo. Possui excelente know-how e é a marca mais conhecida no Brasil.

www.rinnai.com.br

 

Rheem

Multinacional norte-americana fundada em 1925, domina o mercado de aquecimento em países como EUA, Canadá, Austrália, Nova Zelandia e América Latina. Apesar disso ainda é uma empresa relativamente pouco conhecida do público brasileiro, mas não se engane, além de ser uma das líderes mundiais no segmento, está no mercado desde 1925 e atua em mais de 75 países em todos os continentes.

É uma empresa americana que faz parte do Grupo Paloma, multinacional japonesa fundada em 1.911. Seus aquecedores a gás são fabricados no Chile e no Japão, dependo da linha, com expertise compartilhada entre as fabricas dos EUA e Japão. Além de excelentes produtos, possuem um pós vendas muito elogiado.

Os aquecedores Rheem são comercializados exclusivamente por empresas especializadas do setor de aquecimento a gás. Isso garante um suporte diferenciado na hora da compra e do pós venda.

www.rheem.com.br

E nos apartamentos?

Bom, já especificamos os aquecedores a gás em si, como funcionam e modelos, tipos, capacidade. Já deu uma boa noção do que se deve procurar. Outra coisa importante e talvez, essencial é onde o aquecedor será colocado. Porque o aquecedor por si só funciona, mas depende muito das situações externas, como por exemplo, a pressão de água. Vamos ensinar como escolher aquecedor a gás para apartamento.

Nos apartamentos isso pode causar uma grande dor de cabeça, porque a cada andar tem uma pressão diferente de água. Primeiro você tem que saber qual é a pressão de água de seu apartamento. Isso um técnico especializado pode medir para você. Aproveite e faça algumas perguntas a ele sobre os aquecedores a gás, quanto mais informação melhor.

Não se esqueça de medir o local onde será instalado, pois os imóveis antigos não têm como nos novos imóveis, centrais para colocar aquecimento a gás. Primeiramente a dimensão e segundo um local que receberá a chaminé, pois todos os aquecedores têm chaminés, para a expulsão dos gases que se formam com a queima do gás de abastecimento, seja ele gás natural ou o gás de cozinha.

 

Para a instalação

Uma questão importante, depois de escolher e de comprar seu aquecedor de água a gás, é a instalação, que deve ser feita com muito cuidado. Lembre-se sempre que o barato sai caro, nesse caso, bem caro, porque o produto já não é barato. É um investimento, na realidade.

Quando você escolher a marca de sua preferência, no manual, sempre vem empresas credenciadas para que você procure para realizar a instalação com segurança. Não faça com profissionais não credenciais, porque além de poder estragar o produto, pode não dar o funcionamento correto e ainda, provocar um acidente grave, além da perca da garantia de fábrica (que para aquecedores digitais é de 3 anos). Temos que lembrar que sua água será aquecida com gás, que é altamente perigoso e tóxico.

Um pequeno lembrete: os aquecedores não vêm com a tubulação e nem a chaminé necessária para a expulsão dos gases formados, então, leia com atenção o manual e encontre a tubulação correta e também, a chaminé para cada tipo de produto e marca. É comum que empresas credenciadas pelos fabricantes forneçam também todo o material necessário para a instalação.

Nesse sentido, se você mora na Grande São Paulo, recomendamos a empresa Aquecenorte. Você pode saber mais sobre a empresa acessando seu site clicando aqui.

Depois de tanto trabalho pesquisando, lendo, indo atrás das melhores marcas, você não vai querer estragar tudo para economizar na instalação, não é mesmo? Fique de olho, a segurança e o bem-estar da sua família dependem desses pequenos detalhes.

Agora, mãos a massa, vamos escolher e comprar seu aquecedor e aproveitar todas as vantagens que ele traz a você e a sua família. Suas dúvidas foram sanadas? Seu conceito sobre os aquecedores de água a gás melhorou? Não se esqueça das regrinhas básicas para escolher o aquecedor que mais combina com sua necessidade e aproveite.

Se ainda restou alguma dúvida, recomendamos fortemente a leitura desse ebook que ensina em poucos passos como escolher o aquecedor ideal para suas necessidades.

Conte como foi sua experiência, depois de instalar seu aquecedor a gás, queremos saber todos os detalhes. Deixe seu depoimento nos comentários. Espero ter ajudado na sua busca. Aproveite!

 


Close